sejam bem vindos !

sejam bem vindos !

10 de jun de 2010

bom dia!!!

Não falem
de um homem
que amou sensatamente,

falem de um homem
que amou demais.


William Shakespeare


9 comentários:

Anne Lieri disse...

Rita,tudo lindo demais!Amei o video e essa musica!Bjs,

MEUS PENSAMENTOS disse...

rita bom dia!!!bjs e bom fim de semana!

ARICÉLIA SOUSA disse...

ok amiga,sou nova nessa área,ainda estou aprendendo,obrigado pela visita volte sempre,bjos!!

Paulo Tamburro disse...

LOIRA,

INFELIZMENTE, CHARLES AZNAVOUR E ESTA BELEZA DE MÚSICA: "SHE", SÓ ATUALMENTE EM BLOGS, DE MUITO BOM GOSTO COMO O SEU.

A GRANDE MÍDIA IGNORA COMPLETAMENTE, O QUE TODOS NÓS GOSTAMOS.

VENHA CONHECER O BLOG: “HUMOR EM TEXTO”.

A CRÔNICA DESTA SEMANA NOS ALERTA SOBRE OS RELACIONAMENTOS HUMANOS DISSIMULADOS E ENGANOSOS.

SE PUDER, CONFIRA E SE QUISER COMENTE, POIS LÁ O MAIS IMPORTANTE É O SEU COMENTÁRIO.

UM ABRAÇÃO CARIOCA!

Sônia Silvino disse...

Bom domingo, minha amada, ao som desta música maravilhosa!
Bjs, muitos!!!

Sônia Silvino disse...

Sabe qual é a melhor forma de terminar o domingo com chave de ouro?
Visitando você!!!
Que a sua semana seja cheia de alegrias e de paz no coração!
"A cada dia que vivo, mais me convenço de que o desperdício da vida está no amor que não damos, nas forças que não usamos,na prudência egoísta que nada arrisca e que, esquivando-nos do sofrimento, perdemos também a felicidade.
A dor é inevitável. O sofrimento é opcional." Carlos Drummond de Andrade

Sônia Silvino's Blogs

Vários temas & um só coração!

Brasil Desnudo disse...

Olá qurida!
Mais uma vez venho agradecer pela visita e, pela postagem deixada sempre com carinho.
mas linda vídeo postado de Charles Aznavour, mas gosto também uma que ele canta de Shirley BasseyYesterday When I Was Young. Linda de mais! leia a tradução abaixo..

"Quando Ontem, quando eu era jovem"

Ontem, quando eu era jovem
o gosto da vida era doce como a chuva em minha língua.
Eu brincava com a vida como se ela fosse um jogo bobo
assim como a brisa da noite brinca com a chama de uma vela.
OS milhares de sonhos que sonhei, as coisas esplêndidas que planejei
eu sempre construí em areia fraca e mutante.
Eu vivia pela noite e me escondia da luz do dia
e só agora eu vejo como os anos se passaram.
Ontem quando eu era jovem
tantas músicas sedentas por serem cantadas
tantos prazeres caprichosos esperando por mim
e tanta dor que meus olhos confusos recusaram ver.

Eu corri tão rápido que o tempo e a juventude enfim se foram,
eu nunca parei para pensar sobre o significado da vida
e cada conversa que me lembro
falava sempre de mim e de mais nada.

Ontem a lua era azul
e cada dia louco trazia algo novo para fazer.
eu usava minha idade mágica como se fosse uma varinha de condão
e nunca enxerguei o desperdício e o vazio por trás de tudo.
O jogo do amor que eu joguei com arrogância e orgulho
e cada chama que acendi muito rápido, muito rápido se foi.
OS amigos que fiz parecem ter desaparecido de alguma forma
e só eu fiquei no palco para terminar a peça.

Existem tantas músicas em mim que não serão cantadas,
Sinto o gosto amargo das lágrimas em minha língua.
O tempo chegou em que tenho que pagar pelo ontem, quando eu era jovem.

Depis ouça com ela cantando..

Bjs Marciio

Brasil Desnudo disse...

Olá querida!

Olha eu outra vez aqui..

Mas já uqe você gosta tanto de músicas romanticas, como eu é claro....
Ouça depois essa, Celine Dion e Barbara atreisand Divina as duas cantando;;;
Celine Dion & Barbara Streisand - Tell Him

Bjs

MARCIO RJ

Caminhos Poéticos disse...

"Um livro aberto é um cérebro que fala;
Fechado, um amigo que espera;
Esquecido, uma alma que perdoa;
Destruído, um coração que chora".

Voltaire

Beijos na alma......M@ria